Ministério de Casais

Líder: Antonio Recco

CASAMENTO E SEUS VALORES, INEGOCIÁVEIS

 

  1. Tudo que fazemos deve direcionar as pessoas para o senhorio de JesusA verdade da Palavra leva as pessoas para Aquele que é a Verdade.Precisamos aprofundar o relacionamento das pessoas com Jesus.

 

  1. Lares de poder fluem através do Espírito SantoO Espírito Santo é quem nos convence do pecado e dos problemas. O Espírito Santo vai fluir através do casal e vai agir no seu dia-a-dia. Temos que permitir que Ele trabalhe nos cônjuges. Sem a Sua presença não há transformação ou frutos, e o Seu poder muda o cristão a partir do interior (Fruto do Espírito) e flui através dele (Dons do Espírito).

 

  1. O casamento é um relacionamento de aliançaO casamento reflete o relacionamento entre Jesus e a Igreja. Quando fazem uma aliança, os cônjuges concordam em ser fiéis, não importando o que o outro faça. É incondicional e até a morte.A estatística mostra que no primeiro casamento 40% dos casais se separam; no segundo casamento, 60% e no terceiro, 80%.

 

Deus estabeleceu a aliança e deu às pessoas condições de cumprir essa aliança. A maior mentira que o inimigo da nossa alma tem colocado é que o casamento é algo quebrável e que pode ser rompido. Lutamos pela aliança, porque, quando um casamento é interrompido, a aliança é quebrada.É normal para o mundo que casais com problemas em seu casamento se separarem, porque o homem e a mulher “têm direito de ser feliz” ou “esse casamento não foi da vontade de Deus”.O conceito de “ficar” é antialiança, porque não há compromisso entre os dois. Os jovens experimentam o relacionamento com um, depois com outro e, quando se casam, eles querem continuar experimentando. Por isso, acham que é normal separar- se. O nosso desafio é lutar pela aliança.

  1. O casamento entre homem e mulher é a base da família, de acordo com o plano de DeusA intenção de Deus é que a família produza filhos e filhas saudáveis à imagem do seu Pai.Ao se tratar das questões familiares, é preciso incluir o desenvolvimento de um casamento saudável.A Bíblia é clara quando afirma que o casamento é entre um homem e uma mulher.

  1. Fazendo discípulos de todas as naçõesDiscipular é mais do que disseminar informação. Discipular inclui treinamento, exemplo e prestação de contas.A nossa visão é fazer discípulos. Queremos multiplicar a família como benção para todos os povos da terra.

  1. Produzindo frutos com sementes reprodutíveisQuando semeamos na vida do casal, semeamos na família toda.Devemos produzir frutos e multiplicar. Nosso papel na terra é dar aos outros o que Deus nos deu. Embora os dons e talentos das pessoas variem, outros precisam ser capazes de duplicar cada modelo produzido.

  1. Quando as pessoas se casam, os chamados e destinos de cada um são mixados

Mixar significa: combinar sinais sonoros recebidos de fontes distintas e, ao final desta mistura, produzir uma bela melodia, formar uma harmonia. Uma característica forte do Casados para Sempre é ter casais ministrando juntos. Infelizmente, um dos fatores que contribuem para que os casamentos não tenham sucesso é que os cônjuges não têm a visão de trabalhar juntos em cada área de seu relacionamento. Tanto o marido como a esposa são igualmente chamados por Deus. Cada um precisa respeitar, honrar e nutrir os dons e talentos um do outro. Um e outro têm de ser ensinados a combinar seus dons e talentos para o sinergismo de uma equipe de uma só carne.

  1. Alcançando o mundo perdido através dos laresQuando Deus mostrou aos fundadores deste Ministério Seu desejo com relação ao Casados para Sempre, Ele o fez através de uma visão de milhões de luzes que cintilavam ao redor do mundo. Havia uma em cada quarteirão, uma em cada esquina. Deus falou que cada uma daquelas luzes cintilantes representava um lar cristão cheio de poder, onde a paz e a graça de Deus se irradiariam de tal forma que tais casas seriam oásis para o mundo sedento em sua volta. Seriam lares como centrais elétricas.“A missão do Ministério de Casais da IPVO é evangelizar, discipular e colaborar na restauração e fortalecimento dos relacionamentos familiares, alcançando o mundo perdido através dos lares.”Devemos ensinar os casais como alcançar a vizinhança, comunidade e outras esferas de influência.

  1. Deus vê as famílias de forma geracionalO que somos e o que fazemos gera influência nos nossos filhos. Temos, portanto, uma influência geracional. Nossos filhos, hoje, sabem muito mais sobre casamento do que nós, quando nos casamos.Decisões e ações de uma geração afetam outras sucessivamente. Uma geração tem o poder em Jesus de quebrar as maldições de gerações. Uma geração tem a capacidade de perpetuar as bênçãos geracionalmente. Os cristãos precisam pensar e planejar geracionalmente.

  1. Somos um exército com uma missão

Temos um objetivo e uma missão. Devemos honrar a autoridade espiritual para estarmos em autoridade espiritual. Necessitamos reconhecer e respeitar os papéis diferentes daqueles que estão servindo ao Senhor.Precisamos ser dedicados na luta até ver a vitória na família, manifestada.

A família é projeto de Deus para todas as nações da terra